cicatriz

Cicatrizes

ig-ivanoska
Quando se sofre um acidente e a sutura dos cortes é feita em um pronto-socorro de emergência, dificilmente elas são realizadas com técnicas de cirurgia plástica, deixando, na maioria das vezes, cicatrizes feias. Quem assistiu a novela Em Familia, recentemente na Tv Globo, deve se lembrar daquela cicatriz do personagem Virgílio interpretado pelo ator Humberto Martins.
Nestes casos, para que se tenha o melhor resultado estético possível, deve-se aguardar o total amadurecimento do corte e procurar um cirurgião plástico para sua correção.
Através de uma avaliação no consultório, o especialista dirá a melhor técnica a ser utilizada. Em alguns casos, a dermabrasão é indicada para nivelar irregularidades na pele.
Novas suturas também podem ser feitas e, ao invés de pontos externos, usa-se a cola cirúrgica para melhores resultados.

Cirurgia do tchau

ig-ivanoska
Quando se emagrece muito e há um acúmulo grande de tecido na região do famoso “tchauzinho”, só o exercício, por mais pesado que seja, não é suficiente para remover o excesso de pele. Neste caso, a cirurgia plástica no antebraço é a melhor opção para removê-lo. 

Apesar da cicatriz na região não ser pequena, estendendo-se das axilas ao cotovelo, a utilização da cola cirúrgica melhora bastante o seu resultado. Seguir as recomendações médicas na fase de recuperação também são importantes, assim como massagear a cicatriz também ajudam na conquista de uma cicatriz fina e discreta.
Você poderá ter alta no mesmo dia e voltar ao trabalho em até duas semanas. 

Blefaroplastia

ig-ivanoska
Quando somos jovens, a parte mais volumosa da face está localizada no seu terço superior. Ao envelhecer, sobretudo a partir dos 30 anos, com o inicio do processo de queda da produção de colágeno, começa-se a perder gordura na face e a musculatura vai ficando flácida. Sem gordura para encher, nem músculos firmes, o tecido cai e a pele perde o tônus.

Uma das opções para remover o excesso de pele e levantar o olhar é a blefaroplastia, cirurgia que remove o excesso de pele das pálpebras, suaviza a expressão e promove o rejuvenescimento do rosto.

O procedimento é simples e o período de recuperação da cirurgia é de em média 2 semanas.
Grande parte dos pacientes retorna as atividades com dois ou três dias.

ORELHA DE ABANO

ig-ivanoska
Quem tem um filho com o problema, sabe que a orelha de abano pode ser um dos causadores de bullying e, consequentemente, transtornos psicológicos e conflitos emocionais nas crianças.
Adultos com o problema também podem se sentir desconfortáveis com esta má formação das orelhas.
Mas esta é uma questão muito simples de ser resolvida e já a partir dos 5 anos de idade. A otoplastia é a cirurgia de correção do tamanho das orelhas, capaz de proporcionar um novo formato de acordo com a estrutura física do paciente.
O procedimento consiste num  pequeno corte atrás da orelha para a modelagem da cartilagem.
A duração média da cirurgia é de aproximadamente uma hora e meia, com anestesia local com sedação ou geral.
É necessário usar curativo somente na primeira semana e não é necessário retirar os pontos. Nos 30 dias após a cirurgia, o paciente deve usar uma faixa elástica na cabeça para ajudar a manter as orelhas na nova posição.
Em uma semana, apesar das orelhas ainda um pouco inchadas, elas já estarão bem próximas ao resultado final desejado.

PLÁSTICA E CICATRIZ

face-ivanoska
Você não faz uma plástica porque tem medo da cicatriz? As colas cirúrgicas modernas permitem a sua utilização inclusive em áreas de muita tensão, o que não era possível antigamente.
Com elas, o médico sutura apenas a parte interna do corte, enquanto as externas são coladas. Além de uma melhor cicatrização, o paciente também não sofre com pontos abertos, infeccionados, nem com a sua retirada. Além disso, pode tomar banho já no primeiro dia de convalescença.
O tempo da cirurgia também é reduzido em uma hora quando não há sutura externa.